17 de janeiro de 2017

EASYJET QUE CONTRATAR 50 PILOTOS MULHERES POR ANO ATÉ 2020


Em 2015 a Companhia Aérea Britânica, EasyJet, lançou a campanha “Amy Johnson” que tem como objetivo duplicar a contratação de mulheres, como pilotos, em 12% até 2020. Mas o projeto se saiu tão bem, que logo após o lançamento da iniciativa, o projeto contou com a participação de mais de 600 candidatas e com isso, a companhia atingiu o objetivo, de dobrar o número de mulheres em comando, em apenas um ano.

Atualmente a EasyJet conta com 164 pilotos mulheres, sendo que 62 são comandantes, representando 14% do total mundial. Até 2020 a empresa britânica espera que 20% dos pilotos sejam mulheres, para isso, será preciso contratar 50 mulheres por ano.

A CEO da aérea, Carolyn McCall comemorou o sucesso da iniciativa. "Fomos incentivados pelo sucesso da iniciativa Amy Johnson desde que a lançamos em outubro de 2015 e os resultados até agora sugerem que a demanda das mulheres para se tornarem pilotos está lá, elas só precisam da oportunidade. Esta é uma estratégia de longo prazo e esperamos que resultará com a Easyjet recrutando e desenvolvendo muitas outras pilotos do sexo feminino.”

www.eaereo.com.br



Nenhum comentário: