24 de março de 2017

"Fish Strike" - O dia que um peixe colidiu com um avião

 
Era 1º de abril de 1987 jornais dos Estados Unidos davam a notícia de que um voo da Alaska Airlines havia colidido com um salmão e por coincidência a notícia era dada no famoso “Dia da Mentira”, mas a história que iremos contar é verídica.

30 de março, o voo 61 decola de Seattle com destino a Anchorage, com escalas em Juneau, Yakutat e Cordova. A rotina do voo seguia normal, a única diferença não tão importante para o acontecimento, era a presença de um inspetor da FAA (Federal Aviation Administration), que estava a bordo para checar a tripulação em rota até o destino final.

A primeira fase do voo Seattle para Juneau ocorreu tudo tranquilo, até que na segunda perna do voo, Juneau para Yakutat, após a decolagem, durante uma curva à esquerda, para evitar montanhas a oeste, mantendo uma razão de subida, os pilotos avistaram uma grande águia se aproximando pela esquerda, no mesmo rumo da aeronave. Os pilotos perceberam que iriam acertar a ave se o animal continuasse na mesma rota de voo, mas o animal talvez tenha tido a mesma percepção e levou em consideração que aquele enorme animal branco ameaçaria sua vida. Imediatamente a águia mergulha em curva para o sul, largando sua presa que carregava em suas garras. Os pilotos e o checador da FAA acompanhavam em câmera lenta e direto do camarote VIP algo inacreditável: um peixe “voava” em direção ao 737.

O salmão acerta em cheio a aeronave pouco atrás da janela do Comandante, isso mesmo que você acabou de entender, ocorreu um FISH STRIKE. O barulho seco e seguido de um breve silêncio e um frenético scan flow dos instrumentos para verificar a integridade dos sistemas. Após a confirmação que o avião continuava voar normalmente, os pilotos se perguntavam: “Realmente batemos no que achamos que batemos?”

Ao chegar em Juneau com um fish strike na aeronave, a tripulação chamou o despacho da empresa e apesar do problema na fuselagem obtiveram aprovação para levar Boeing até a última etapa e depois seguir para a manutenção.

Será devido esse acontecimento que a empresa tem pintado em uma aeronave um Salmão? Deixe seu comentário
 

Nenhum comentário: