16 de março de 2017

Jogador russo é expulso de avião por ser muito alto e pode ser processado

 
Um jogador de vôlei russo Aleksandr Kimerov, com 2,15m de altura, foi expulso de um avião da companhia aérea Pobeda por ser muito alto. A empresa informou que Kimerov não coube em seu assento e que tentou viajar de Novy Urengoy para Moscou com as pernas bloqueando o corredor. Ele pode ser processado por causa do atraso de meia hora do vôo.


A única companhia de baixo custo do país afirmou que Kimerov não pagou 999 rublos (R$ 53,50) o que da direito a um assento com maior espaço entre as pernas. Ele tentou trocar de lugar com outro passageiro que estava na saída de emergência, onde o espaço é maior, mas os comissários de bordo não permitiram a troca e chamaram a Polícia para retirar o jogador da aeronave.

“- Somos uma companhia de baixo custo e vendemos passagens muito baratas, por isso, nosso lucro é pelos serviços complementares. Se todas nossos passageiros mudarem assento, esses serviços não farão sentido - disse Elena Selivanova, porta-voz da Pobeda.

- Eu estava disposto a pagar o valor total da saída de emergência, mas os comissários negaram - rebateu Kimerov”
 


Nenhum comentário: