1 de junho de 2017

Companhia aérea obriga tripulantes a perderem peso


Para a companhia aérea Pakistan International Airline (PIA) não bastas só ter boa formação, anos de experiência e desempenhar um bom trabalho, a companhia também exige que os tripulantes sejam magros. A empresa determina que os tripulantes acima do peso fiquem em terra durante um prazo de 30 dias para que emagreçam

“É uma medida rotineira. Há índices de peso por altura e sexo. Se os tripulantes superarem o peso estipulado, são deixados em terra durante 30 dias para que emagreçam”, disse o porta-voz da PIA, Mashood Tajwar.

O porta-voz justificou dizendo que os funcionários precisam estar em forma para realizar bem o trabalho. “Além disso é pela sua saúde. Se eles se mantiveram em forma, evitam doenças como diabetes e similares”, acrescentou.

Os tripulantes acima do peso desempenharão trabalho em terra durante o afastamento. Se mesmo depois do período de 30 dias eles não emagrecerem, continuam impedidos de trabalhar dentro dos aviões.

“A PIA foi no passado uma prestigiada companhia aérea, mas agora enfrenta um futuro incerto com elevadas dívidas e contínuos escândalos.

A companhia estatal paquistanesa acumula US$ 3 bilhões em dívidas após perder no ano passado cerca de U$ 240 milhões. Além disso, a companhia aérea não para de protagonizar escândalos. Nas últimas semanas as autoridades descobriram em duas ocasiões heroína em voos da PIA a Londres, algo que já ocorreu no passado. ”
O governo tem planos de privatização da companhia aérea ou uma brutal reestruturação que deixaria na rua muitos de seus 18 mil funcionários.

Fonte: VEJA

Nenhum comentário: